CERPCH

A utilização de fontes de energia renovável em unidades de pequeno e médio porte, atendendo principalmente a consumidores em sistemas isolados, foi um tema importante de estudos e pesquisas aplicadas em meados dos anos oitenta, até a redução dos preços do petróleo, que desestimulou sua difusão.

Entretanto, esta temática tem recebido novo impulso com a evolução da tecnologia, com maior reconhecimento de suas vantagens quanto à promoção do desenvolvimento sustentável, que aliado à importantes mudanças nos aspectos legais, constitui-se atualmente em uma área de grande dinamismo.

No sentido de ampliar e efetivar os resultados, e obter novas sinergias,têm sido adotado o mecanismo das redes de cooperação, coordenadas por centros de referência, que têm a incumbência de recolher, organizar e difundir informações, bem como fomentar e dinamizar as atividades técnico-científicas e de desenvolvimento. Daí a necessidade da criação de Centros de Referência em energia renováveis.

O Centro Nacional de Referência em Pequenas Centrais Hidrelétricas – CERPCH, localizado na Universidade Federal de Itajubá – Unifei, foi criado por meio de um convenio assinado em 24 de julho de 1998, buscando atender a resolução do III Encontro para o Desenvolvimento de Energias Solar, Eólica, Biomassa, e Pequenas Centrais Hidrelétricas, realizado sob os auspícios do Fórum Permanente de energias renováveis do Ministério de Ciência e Tecnologia ,no qual foram criados também o Centro Brasileiro de Energia Eólica, localizado na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Centro Brasileiro para o Desenvolvimento de Energia Solar Térmica – GREEN SOLAR, instalado na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-MG, o Centro de Pesquisas de Energia Elétrica – CEPEL e o Centro de Referência em Biomassa – CENBIO, instalado na Universidade de São Paulo – USP.

O CERPCH tem por objetivo promover a divulgação dos pequenos potenciais hidroenergéticos, por meio de rede de informação, projetos, pesquisa, desenvolvimento cientifico e tecnológico e também promover a capacitação e treinamento nesta área de atuação, além da realização de eventos.

Desse modo, o centro tornar-se-á uma interface entre o empreendedor que busca novas oportunidades de negócio no mercado energético e o investidor que busca retornos financeiros atraentes coma construção e aproveitamento de Pequenas Centrais Hidrelétricas – PCHs. Mais adiante, com a necessidade crescente de investimentos e desenvolvimento de projetos na área serão necessários treinamentos, serviços de capacitação e consultorias, nos quais o CERPCH estaria analisando, gerenciando e dando suporte tecnológico.